quinta-feira, 2 de março de 2017
Sem dúvidas foi o melhor dos últimos anos!!!

Fui em 4 blocos e vou contar o que achei de cada um.

A impressão geral foi de que a festa foi linda, porém a cidade não estava preparada para receber tantas pessoas. Tanto as que vieram de longe tanto para as quer saíram de casa mesmo. 
A música dos trios não deu conta da multidão de gente que arrastou, tinha bloco com 500 mil pessoas. não tinha banheiros suficientes, quando se encontrava um a fila era imensa e o banheiro era podre. Sobre roubos e brigas. Não vi nada e não aconteceu com ninguém próximo a mim. Brigas vi em dois dias mas dispersou rápido. Pessoal dos blocos chamava a atenção dos trouxas que insistiam em procurar confusão.


1º Dia - Bloco Chama o Síndico
Esse foi o único bloco que fui a noite... aos embalos de Tim Maia descemos a Afonso Pena. Foi muito bom, estava bemmm cheio.







2º Dia - Bloco Então Brilha
Esse bloco se concentra cedo e sai n o horário previsto. Embalado por muito gliter e músicas baianas. Tem dois anos que eu queria ir nesse bloco e sempre pegava atrasado e esse ano deu certo.








3º Dia - Bloco Beiço do Wando e Batuque Coletivo
Nesse dia não estávamos programando sair de casa. O tempo estava feio e chuvoso. Saímos, tomamos chuva mas foi o MELHOR dia de carnaval.



video

video


4º Dia - Bloco Baianas Ozadas
O maior bloco de BH, chegamos e estava vazio, concentração marcada pras 9h com saída as 10h. Como estava vazio eles atrasaram MUITO e o bloco encheu demais. Estima-se que tinham 500 mil pessoas... chegou um momento que ficou insuportável e fomos embora. De lá fomos para o FUNK YOU, foi o primeiro ano deles... lotou tanto que atrasaram demais e a gente também não ficou.




Conclusão, no próximo ano não pretendo ir nesses blocos tão grandes. Quero ir nos menorzinhos que são os melhores.

Beijos!
sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016
Oi pessoal!!!

Finalizei esse livro dia desses e foi o primeiro que li nesse ano. 
O livro te prende, é assustador, tenso e triste ao mesmo tempo. Como um ser humano, se podemos chamar assim, é capaz de tratar uma pessoa dessa forma?

Não sou muito boas em fazer resenhas, mas recomendo demais!


"Natascha Kampusch sofreu o destino mais terrível que poderia ocorrer a uma criança em 2 de março de 1998, aos 10 anos, foi sequestrada a caminho da escola. O sequestrador - o engenheiro de telecomunicações Wolfgang Priklopil - a manteve prisioneira em um cativeiro no porão durante 3.096 dias. Nesse período, ela foi submetida a todo tipo de abuso físico e psicológico e precisou encontrar forças dentro de si para não se entregar ao desespero. Agora, pela primeira vez, Natascha Kampusch fala abertamente sobre o sequestro, o período no cativeiro, seu relacionamento com o sequestrador e, sobretudo, como conseguiu escapar do inferno, permitindo ao leitor compreender os processos de transformação psicológica pelos quais passa uma pessoa mantida em cativeiro, sofrendo todo tipo de agressão física e mental imaginável."


quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016
Oi gente!!!

Meses atrás eu contei que seria madrinha de casamento dos cunhados e depois não voltei para contar nada.

Tardei, mas não falhei e trouxe o trailer do casamento que foi um dos mais lindos que já fui.
Todos os detalhes foram pensados com muito cuidado e carinho pelos noivos e o resultado não poderia ser melhor.

Confiram e se inspirem... 

Beijos!


quarta-feira, 2 de dezembro de 2015
Oi gente !!!

Há pouco mais de um ano participando da Blogagem Coletiva escrevi esse post sobre qual era o melhor momento para ter filhos e tals.

Então que não que minha opinião tenha mudado totalmente, mas tem surgido um desejo muito grande no meu coração e do meu marido, principalmente no dele que me pede um bebê todos os dias.

Não sei se é o momento que estamos vivendo, onde praticamente todos nossos amigos estão grávidos. Na verdade nunca conheci tantas grávidas como no ano de 2015, Senhor!
Amigas, prima, tia, no trabalho, no condomínio, por onde eu olhava lá estavam elas lindas e barrigudas, rs.

Então que decidimos começar a nos preparar para começar as tentativas.... como estou muito acima do peso, essa é minha prioridade. Eliminar uns kilos para estar bem e receber um bebê.
Meu marido não aguenta de ansiedade, se fosse por ele, que nunca cobrou nem nada, já estaríamos grávidos. Mas ele entende que precisamos desse tempo de planejamento.
No mais é isso, quis compartilhar com vocês essa nova fase que estamos vivendo. Juro que tenho muito medo de parar o remédio e me tonar uma tentante oficial, mas cada coisa no seu tempo.


Beijos em vocês!
segunda-feira, 16 de novembro de 2015

Oiiiii gente!!!!

Dia 5 desse mês completamos 4 anos de casados. Que felicidade!!!
Eu queria ter passado aqui e feito um post todo lindo mas cadê tempo.

E o saldo desses 4 anos? Maravilhosos!! Foi fácil? Não! Mas eu sempre falo, se soubesse que o casamento era tão bom tinha casado antes!

Percebi que com meu sumiço do blog eu não postei minhas externas e como comemoração vale a pena relembrar né?

Beijos !




























segunda-feira, 19 de outubro de 2015
Oi pessoal, tudo bom?

Já que os posts sobre a viagem ao Chile acabaram, porém viagem para mim é um assunto que não tem fim, hoje vou contar um pouco sobre a Serra do Cipó e minas experiências em cachoeiras de Minas.

Eu amo cachoeiras e sempre que estou em um lugar que tem, gosto de visitar. Sabe quando você toma um banho de mar e se sente renovada? Essa é a mesma sensação que tenho com um banho de cachoeira.

Estamos sempre na Serra do Cipó, o vó do marido mora lá o que facilita nossas idas, já conhecemos algumas cachoeiras e quero falar delas depois quando visitarmos novamente. Prometo!

Outro dia estávamos de viagem marcada pra lá e eu queria conhecer novas cachoeiras... dei uma pesquisada mas existem poucas resenhas sobre... por isso minha vontade aumentou em escrever.

Visitamos a cachoeira da Farofa dessa vez! Fomos em cinco pessoas, marido não foi.
A cachoeira da farofa fica dentro do Parque Nacional da Serra do Cipó! 

Como chegar?
O parque fica na entrada da Serra do Cipó, antes da ponte. Pra quem está chegando é só virar a direita e seguir por uma estrada de terra durante 4km. É bem sinalizado e fácil de achar.

Entrada do Parque. Fonte: Google
Quanto paga?
Nada! 
No dia que fomos não pagamos nada, mas já ouvi falar que as vezes o parque cobra uma taxa administrativa de R$ 5,00, que não sei se é verdade.
Tem estacionamento.

Cachoeira e Trilha
Para chegar na cachoeira da Farofa existe um percurso de nada mais na menos que 16km (8km pra ir e 8km para voltar).
A trilha é fácil, aberta, bem sinalizada e tem somente retas. Um ponto negativo é que em vários pontos a trilha possui uma areia fofa, o que deixa a caminhada mais pesada e cansativa.



No dia que fomos estava muito, mas muito quente... e a gente naquela festa acabou nem se preparando tanto pra ir... o que fez com que a trilha ficasse muito difícil de terminar.
Mas essa vista compensa tudo, tudo mesmo.






Minhas dicas
- Na portaria do parque eles alugam bicicletas por R$ 35,00 e se for um grupo maior fazem por R$ 30,00, se puder alugue! Vai fazer o percurso com metade do tempo, do cansaço, tudo!
- Leve MUITA água, de preferência congelada. Se não der leve do outro jeito mesmo e não se esqueça de encher as garrafinhas para se refrescar no caminho de volta, mas só para jogar. NÃO BEBA A ÁGUA DA CACHOEIRA.
- Leve lanche e não se esqueça de recolher o seu lixo na hora de ir embora =)
- Vá de tênis e roupas confortáveis
- Não se esqueça de passar protetor solar, e levar um chapeu ou boné.

Beijos !

Colaboradores

Pesquisar este blog

Seguidores

Postagens populares

Blogs Amigos

Tecnologia do Blogger.